Cuidado dos pés

Cuidados para evitar lesões nos pés dos esportistas

Não é preciso explicação científica para quem pratica esportes, entender como o cérebro reage. Mas, caso você ainda não tenha encontrado a modalidade certa, saiba que “mexer-se” reduz a possibilidade de comprometimento cognitivo leve em 35% e de Alzheimer em 51%. Porém, quem pratica esportes também sabe que há risco de sofrer lesões. Em esportes de impacto, o risco de lesionar os pés é maior.

Por isso é essencial manter o movimento correto dos pés e tornozelos para que o peso seja corretamente distribuído para evitar qualquer desconforto ou machucado mais grave. 

A execução incorreta do movimento, repetidamente, pode provocar lesões imediatamente ou após um período prolongado de repetições. O corpo humano é uma máquina inteligente. Ele é capaz de diferentes tipos de estresse aos quais é submetido. Porém, ele entende somente se é um movimento brusco ou um impacto direto. 

Embora não seja uma exclusividade dos esportistas, as lesões provocadas nos pés e tornozelos são, em sua maioria, nas pessoas que praticam algum tipo de atividade física – sejam elas tarefas do dia a dia ou pela prática esportiva. Porém, para o retorno aos exercícios físicos é preciso que a recuperação seja completa. 

Ainda é bastante comum que as pessoas não procurem o tratamento adequado para estas lesões, recorrendo a remédios caseiros. Fazendo, assim, que este prejuízo se torne crônico. E quando o assunto é procurar orientação adequada, em muitos casos, o podólogo pode ajudar a evitar estes problemas.

ALONGUE-SE!

Em alguns períodos do ano, sobretudo quando o verão se aproxima, aumenta o número de casos de lesões nos pés e tornozelos, já que muitos querem “correr atrás do prejuízo” e perder uns quilinhos antes de voltar a frequentar as praias, ainda que já seja de conhecimento da maioria que a prática de exercícios físicos e boa alimentação não deve parar nunca. Seja em qualquer período, o alongamento é seu aliado na prevenção de lesões.

ERROS QUE PODEM PROVOCAR LESÕES

  • Não aquecer antes de qualquer exercício físico;
  • Pressão excessiva sobre o sistema músculo-esquelético 
  • Prática de exercícios em superfícies inadequadas (terrenos instáveis, desnivelados, muito inclinados – areia da praia é o mais comum);
  • Treino mal planejado;
  • Longas distâncias;
  • Início de novos programas de treino;
  • Trocas bruscas de velocidade

É sempre importante ressaltar que o calçado escolhido deve ser ideal para o esporte praticado, assim como cada treino é individual e deve ser feito sob orientação profissional.
Na Clínica dos Pés, além de avaliação gratuita em podologia, você encontra a melhor seleção de produtos voltados a prática de exercícios físicos – entre meias esportivas e o tênis certos para os seus pés.

Deixe uma resposta